Entrar em forma 5.0


Como não tenho feito nada de comida nos últimos dias (a não ser um macarrãozinho gororoba que acabou ficando ótimo e me arrependi de não ter tirado foto), vou atualizá-los da minha nova rotina.
Estou tentando pela quinta vez entrar em forma unindo a fórmula academia + dieta. A dieta não é o meu maior problema, apesar de eu ser louca por comida! Mas a academia… ai ai ai, que negocinho chato! É só falar em malhar que já me bate uma vontade de deitar na cama. Preguiça total.

Sou uma pessoa persistente, mas não determinada. Já me matriculei em diferentes academias 5 vezes, já fiz remo, futebol, corrida, natação. Nada consegue prender minha atenção e me manter motivada. Qualquer convite pra tomar uma cervejinha é um belo motivo pra eu escapar dessas obrigações.
A academia especificamente, me desmotiva por uma série de motivos: falta de acompanhamento estreito, lotação dos aparelhos, meninas desfilando macaquitos, professores que não entendem seu limite, além de estragar a chapinha, custar caro e fazer você sofrer horrores enquanto podia ter momentos de prazer de infinitas formas.
Tudo bem, eu sei que a liberação de endorfina dá sensação de prazer, mas esse prazer nunca foi suficiente pra me manter assídua em nenhuma atividade física. Às vezes eu até gosto de ir malhar, mas não todos os dias!
Bom, chega de ladainha. Dois colegas de trabalho estão num ritmo frenético de malhação e ambos tiveram bons resultados. Eles estão pilhadérrimos com esse lance de malhação, maltodextrina, Whey Protein, albumina, bla bla bla. E estão malhando juntos, na mesma academia. Uma recente amiga do trabalho, a Ju, também tinha se matriculado, me convidou, mas eu não tava nem um pouco afim de entrar nessa furada de novo. E ela é como eu, talvez pior, pois se matriculou, foi 2 dias e ficou 3 semanas sem aparecer. 
Daí que cheguei do Rio com os 3 Kg que eu havia perdido nos ultimos meses. Minha auto-estima baixou, comecei a ficar deprimida, por ter jogado tanto esforço no lixo. Ainda li essa tirinha que me fez cair na real. A solução não viria do céu.
Me motivei com duas novas estratégias que eu nunca havia tentado: companhia de amigos e ajuda química para me manter firme (termogênicos). Dessa vez há de dar certo! Daí me matriculei na mesma academia que esses meus amigos. No caso da Ju, a ajuda seria recíproca, uma motivaria a outra.
Coloquei o propósito de malhar 5 vezes por semana (seg, ter, qua, qui e sábado). Sexta é dia de cervejinha, porque eu sou filha de Deus! E tanto esforço sem nenhum momento de prazer, eu tenho certeza que não vai me levar a lugar algum, pois eu me conheço.
Além disso, voltei à reeducação alimentar que eu estava fazendo e que estava dando certo, sem sofrimentos. Agora com uma nova preocupação: o tipo de alimentação que devo ingerir antes e após o treino. 
A primeira semana tem sido bem legal! O tempo na esteira passa rápido quando se está fofocando com a amiga. Além disso, eu e a Ju estamos fazendo a mesma série, então revezamos os aparelhos uma com a outra e continuamos fofocando! Ó que legal! Kkkkk.
Portanto, desejem-me força, enviem-me energias positivas e que eu tenha determinação pra malhar o 1 ano que me fidelizei na academia! Se tudo der certo, no final do ano eu já tô próxima à Sabrina Sato! Vai sonhando… kkkkk.

Vou ali tomar um dorflex pra aliviar a dor que estou sentindo no corpo todo e que me faz andar que nem um robô!

Beijos,

Dani Carneiro 😉

Anúncios

Sobre Dani Carneiro

Apaixonada por comida boa!
Esse post foi publicado em Divagações. Bookmark o link permanente.

O que você achou desse post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s